16 de outubro de 2006

O que sentimos quando encontramos os amigos virtuais pessoalmente?

Há uns dias atrás tive oportunidade de participar de um congresso de tecnologias na educação em São Paulo, o Teceduc@tion. Mas, mais importante até do que me atualizar, foi ter a oportunidade única de encontrar pessoalmente alguns amigos virtuais. É impressionante a intimidade que criamos com estas pessoas. Não há receio em abraçá-las e falar de nossos sonhos. É como se fôssemos amigos de longa data. Maravilha!
Além deles gostaria de destacar nesta postagem os amigos que fiz no congresso, com os quais agora poderei fortalecer os laços graças à Internet. Sem ela o contato dificilmente se manteria devido aos milhares de quilômetros que nos separam. Foi um prazer imenso conhecê-los e será gratificante poder compartilhar saberes e emoções com vocês.
Fica aqui também minha homenagem aos amigos virtuais que ainda não conheço pessoalmente, mas já são peças importantes do meu mundo.




3 comentários:

Mary disse...

Oi Andrea,

Foi um enorme prazer conhecê-la e adorei a foto. Com certeza será ótimo encontrá-la em muitos outros eventos!

Queria guardar uma copia, vc pode enviar para o meu e-mail mary [arroba]vivenciapedagogica.com.br ?

Marli disse...

Andrea!
Agora sim fiquei com amior inveja. Inveja boa, claro. Tenh o maior orgulho defazer parte da tua lista de amizades virtuais e tenho certeza que ela é tão forte, que nem a presença física faria tanta diferença. mas um dia vamos nos conhecer , se Deus quiser.Beijo!

Sindy disse...

Andrea!
Sua descrição é exata: é isso mesmo que sinto em relação aos amigos virtuais que fazemos.
Tive a oportunidade de encontrar alguns 'ao vivo e a cores' e é como se fossemos 'amigos de infância'.
Não entendo quando as pessoas dizem que o computador afasta as pessoas...ao contrário, temos provas concretas de que ele aproxima (e muito) além de possibilitar o encontro com pessoas tão especiais, inteligentes e interessadas quanto você!
Obrigada pela visita no Bloguinfo
Abçs
Sintian